Aostéopatia em mulheres grávidas

Que mudanças ocorrem durante a gravidez?
O aumento de progesterona e relaxina provoca um aumento da elasticidade dos ligamentos e articulações, uma necessidade para a mulher gravida. No entanto, estes níveis mais elevados de hormonas podem aumentar o risco de entorses devido ao aumento da fragilidade dos ligamentos.

A postura de uma mulher grávida também muda. Seus seios aumentan, a cintura, barriga fica maior e aumenta a curvatura côncava da parte inferior das costas. o efeito combinado move o centro de gravidade para a frente e redistribui peso do corpo nas parte inferior das costas e do púbis. Este processo também afecta o movimento dos fluidos corporais, o que leva as mulheres grávidas a sentirem a retenção de líquidos no rosto, mãos e pés.

Condições que podem ocorrer durante a gravidez:

  • Dores nas costas
  • Dores de cabeça
  • Diástase recti (separação dos músculos abdominais)
  • ciática
  • Dor na sínfise púbica
  • Dor na virilha
  • Dor lombares

A osteopatia pode ajudar o corpo a se adaptar a essas mudanças, ajudando a redistribuir o peso corporal de forma mais eficiente, o que por sua vez reduz a dor durante a gravidez.

A osteopatia pode preparar o caminho para um parto natural
O corpo se prepara para um nascimento natural, permitindo que os ossos pélvico possam separar-se e aumentar o canal para o bebê passar.

Trauma ao osso pélvico, cóccix e sacro podem causar tensão nos músculos e ligamentos e o desalinhamento dos ossos pélvicos. Isto pode limitar a capacidade destes ossos para se separaram e mover, e assim para limitando o tamanho da saída da bacia.

O tratamento osteopático é extremamente eficaz na liberação da bacia, dando a melhor chance de um parto fácil, rápido e simples.

Comments are closed